fbpx

Renda extra

Renda extra: tem gente que ama, mas também tem aqueles que só querem um pouco mais de dinheiro sem se darem ao trabalho de fazer o que isso exige.

Talvez você tenha trabalhado por horas e esteja exausto(a), mas, acredite, vai valer a pena ler isso até o final! 😉

Existe muito conteúdo com ideias sobre esse tema na internet, mas sabe o que não tem por lá? Pessoas te explicando o porquê de fazer isso, e vamos fazer um link também com o texto anterior para entendermos como a renda extra poderá nos ajudar no projeto Vim pro Canadá, assim como em qualquer outro.

Antes de tudo, se pergunte por que você precisa aumentar sua renda.

Você pode precisar de uma renda extra se estiver endividado, querendo mudar de emprego, precisando de um carro novo, fazer uma viagem, mudar de país… Vamos resumir? Se você tem um projeto e está precisando acelerar ou tirar ele do papel, mas ainda não consegue encaixar isso no seu orçamento, então é hora de fazer renda extra.

Antes de falar das opções, vamos combinar uma coisa? Sua renda extra não deve ser usada com coisas seculares. Você vai separar os seus lucros especificamente para o seu projeto e, com isso, vai ser feliz!😊

Separei 12 formas de fazer renda extra, algumas eu já experimentei e me deram bastante resultado e são dicas bem interessantes.

1) Bazar. Particularmente, essa ideia me agrada bastante e ainda é bem efetiva. Você sabia que geralmente nós temos dinheiro em estoque? Não entendeu? É simples: nós temos objetos, roupas, comida, algo em que gastamos dinheiro em algum momento e que às vezes ficou esquecido ou sem qualquer utilidade. Quanta roupa você tem? Quantos sapatos ou relógios? Pegue o que você já não usa há algum tempo ou o que não quer mais e coloque pra vender, seja pela internet, para amigos, parentes, colegas de trabalho… Dá para fazer um bom dinheiro! Uma ideia complementar para quem não têm muita coisa guardada é pegar esses itens com amigos e conhecidos, vendê-los e colocar uma comissão nessa negociação. Você vai se surpreender com o quanto de dinheiro tinha “estocado” e nem sabia! Além de vender para conhecidos, é possível vender livros em plataformas como Estante Virtual, Mercado Livre, OLX, Enjoei, etc…

 

2) Venda de doces. Todo mundo gosta de doces e os consome em algum momento… ou pelo menos a grande maioria das pessoas. Mesmo aqueles que não sabem cozinhar direito ou que não têm muita experiência com cozinha, podem conseguir ajuda em alguns canais. Hoje em dia, com o Youtube, temos acesso a muita gente boa e receitas excelentes. Um canal cujas receitas eu gosto muito – e que até vai um pouco além disso – é o da Tabata Romero. Lá, você consegue até ajuda para calcular quanto deverá cobrar e quanto poderá lucrar com cada receita. Outros canais interessantes e que dão boas aulas são os da Bru na Cozinha e da Marrara Bortoloti.

3) Venda de lanche. Você não precisa investir em equipamentos ou ser muito experiente no ramo. Você pode pegar receitas de família, com aquela tia que faz uma pizza bem gostosa ou com algum amigo, e fazer algumas bandejas de lanches para vender. Com a quarentena, o consumo de comidas por aplicativos tem aumentado, inclusive os aplicativos estão trabalhando com entregadores próprios, desta forma você não precisa se preocupar em conseguir alguém para fazer as suas entregas. Caso você não queira trabalhar com os aplicativos, ainda tem a opção de vender seus lanches pelas redes sociais. Tire belas fotos dos seus produtos e envie para todos os seus contatos. Neste tópico é importante dizer que algumas pessoas não querem optar por vender comida porque não querem trabalhar durante os finais de semana – que acaba sendo o período de maior consumo –, mas você pode pensar em comidas congeladas, tais como mini pizzas, esfirras e salgados no geral. Em alguns casos, porções também são uma boa opção. A margem de lucro é maior e a venda tende a ser mais significativa porque isso se torna acessível para as pessoas.

Aqui vi uma dica que vale para as duas últimas opções: antes de querer oferecer um cardápio cheio de opções, é mais aconselhável vender o que você já domina. Venda bem a sua melhor receita (o famoso “carro chefe”) e, com o tempo, aumente a experiência com outras receitas, incrementando seu cardápio. Outra dica muito importante: não faça experiências com a encomenda do cliente! Venda aquilo que você domina. Primeiro, faça receitas para consumo da sua casa, peça a opinião de pessoas próximas e, quando estiver seguro(a), aí sim você poderá apresentar e vender.

 

4) Artesanato. Se você gosta de fazer, então por que não vender? Faça seus artesanatos e divulgue também nas redes sociais e em grupos. Além de serem excelentes terapias para descansar a nossa mente, ainda podem resultar em dinheiro extra. Eu cheguei a comprar alguns porta-joias de MDF e porta-maquiagem no Saara, no Centro do Rio de Janeiro. Fiz algumas peças para uso pessoal e postei. Algumas pessoas adoraram a ideia e acabaram encomendando. Eu conseguia uma boa margem de lucro e, de quebra, ainda distraía a cabeça.
Existem várias opções de artesanato: confecção de objetos de decoração, roupas, bijuterias… Se você gosta desse tipo de trabalho, vale a pena se aprofundar nas pesquisas e fazer a sua renda extra.

 

5) Revenda.  Você conhece alguma fábrica ou fornecedor que venda um produto no atacado? Então se arrisque a vendê-lo! E, quando falamos de venda, existe uma regra: só vende quem fala do seu produto! Por isso, tire boas fotos, envie para todos os seus contatos por Whatsapp, Facebook, Instagram, etc. Meu pai, por exemplo, já revendeu panelas, roupas de cama, mesa e banho, perfumes e cosméticos. Tem muita coisa boa que você pode revender. Antes de gastar dinheiro, faça uma pesquisa, veja os valores, tire fotos das opções e divulgue para os seus contatos. Tente atrair pedidos de diversas fontes e de forma adiantada. Com isso você já poderá ter uma noção do que terá de comprar e obter resultados mais rápidos.
Outra ideia legal é ficar atento às oportunidades. Às vezes, pode haver algumas ofertas de produtos ou objetos que as pessoas estejam vendendo mais barato por alguma razão, seja por uma mudança ou por estarem precisando de dinheiro imediato. Isso tudo pode ser revendido posteriormente com preço mais justo, obtendo-se uma boa margem de lucro.

 

6) Revenda de revistas. Você pode também revender cosméticos, perfumaria e produtos para casa se cadastrando junto a empresas que vendem para representantes/revendedores. Natura, Mary Key, Avon, O Boticário, Hinode… existem diversas revistas que vendem produtos e dão comissão para os seus revendedores, podendo variar entre 20% e 100%. Algumas empresas pedem que você compre um kit inicial de produtos ou itens, contudo, o retorno desse valor pode ser obtido de forma bem rápida com um pouco de esforço. Uma boa dica das pessoas que costumam revender é aproveitar alguns produtos de campanha ou que estejam em ciclos promocionais para comprar e fazer um pequeno estoque em casa. A partir daí, é possível montar kits e vender como presentes. Sempre tem aquele amigo ou vizinho que esquece de comprar o presente e procura alguém próximo que venda.

 

7) Serviços de babá de crianças e pets. Você pode se oferecer para cuidar de crianças ou pets. No caso dos pets, pode resumir o serviço a passeios ou optar por ficar com eles por uns dias no caso de os donos precisarem viajar. Claro, essa opção requer muito cuidado, paciência e responsabilidade!

 

8) Afiliação. Algumas empresas como Magazine Luiza, Amazon e Hortmart estão aceitando que pessoas se afiliem a elas. É possível indicar produtos das plataformas e ganhar comissionamento por isso. A Hortmart inclusive tem um material de apoio ensinando como funciona a proposta e dando dicas  para desenvolvê-la.

 

9) Consultoria online. Essa opção é mais voltada para psicólogos, advogados, médicos de algumas especialidades e profissionais em geral cuja ocupação demande e permita algum tipo de consultoria pela internet. Existem plataformas gratuitas como o ZOOM, Skype e Wereby que permitem que você consiga fazer videoconferências com clientes e, desta forma, poder ampliar a agenda de atendimento mesmo em períodos de pandemia. Algumas especialidades médicas, por exemplo, podem fazer a consulta presencial para análise clínica e, num segundo momento, para a apresentação de exames, optar pelas consultas online, conseguindo otimizar tempo e tendo a possibilidade de aumentar a quantidade de clientes. Importante frisar também que após a COVID-19 essa adaptação aos meios digitais se tornou não só uma forma de reduzir despesas, otimizar tempo e aumentar o lucro, mas de melhorar a prevenção e reduzir riscos não só para o profissional, mas para os pacientes que pegam transporte, andam em elevadores e na rua, e acabam se expondo mais com a obrigatoriedade de estar em um consultório. Para os profissionais dos demais ramos, é uma excelente forma de ter tempo de qualidade com seus clientes, pois é possível apresentar conteúdo e, como não há necessidade de deslocamento, aproveitar esse tempo para colocar mais reuniões na agenda.

 

10) Produção de conteúdo digital. Algumas pessoas estão fazendo desde e-books até cursos online para ampliar sua renda. Se você domina um assunto ou já dá aula pode montar um bom conteúdo e vender cursos online bem acessíveis. Algumas plataformas como Hortmart e Brainstorm possuem conteúdo para te apoiar a vender seus cursos. Na Hortmart eles disponibilizam um material explicando como isso funciona. Mesmo antes da pandemia, os cursos online estavam crescendo muito em razão do custo reduzido e também da acessibilidade para as pessoas que têm outras tarefas, dando a elas a flexibilidade de poderem assistir às aulas a qualquer momento e de quase qualquer lugar. Após a pandemia, os cursos online dispararam. O consumidor tem buscado por conteúdo. Com uma boa divulgação e principalmente com bom conteúdo é possível conseguir uma renda extra considerável. Quanto aos ebooks, não há muito mistério. Você precisa ter um bom conteúdo, gerar um material rico e divulgar, pode ser de receitas, ideias de atividades infantis etc. Para os e-books, o conteúdo e criatividade podem fluir sem restrição. Só avalie seu conteúdo, se coloque no lugar dos seus clientes e entenda se faz sentido, se o custo está adequado e seja feliz!

11) Freelancer com assistência virtual, edição de vídeos e artes digitais. Como mencionei no tópico anterior, o mundo digital está crescendo e a procura por bons conteúdos também, mas o problema com o qual muita gente se depara quando tenta fazer isso é o apoio de pessoas que dominem edição de imagens e vídeos. À medida que o negócio expande, costuma-se procurar também por pessoas que apoiem no acompanhamento e assistência das suas páginas, rede sociais, retorno para o cliente etc. Apesar de alguns desses produtores de conteúdos digitais trabalharem em home office, a produção pode gerar um certo trabalho e com o aumento da demanda faz total sentido a procura por freelancers. Você que gosta de editar imagens, produzir e editar vídeos, existem alguns cursos gratuitos no Youtube. Para edição de vídeo pelo celular achei um que me ajudou bastante: canal Filma Aí. Também achei alguns vídeos gratuitos ensinando a fazer edição pelo Premier. Se você tiver experiência e conseguir editar os vídeos, pode oferecer esse serviço nas plataformas 99 Freelas, 99 Designs,  Workana, Upwork, Fiverr, entre outras.

 

12) Freelancer em eventos, como garçom, copeira e equipe de cozinha. No momento, por conta da pandemia, os eventos estão suspensos, porém logo eles vão voltar a acontecer, mesmo que seja com a capacidade reduzida, e será possível oferecer o serviço em casas de festa e empresas de eventos. Algumas plataformas que aceitam cadastros deste tipo: Jobrápido, Getninjas, Indeed e Jooble.  Esse trabalho extra pode trazer bons retornos. Dependendo do evento é possível tirar de R$ 80,00 a R$ 300,00 por evento.

Essas foram as dicas que separei pra vocês. Estejam atentos às oportunidades, façam os serviços ou vendas com responsabilidade e percam o medo. Para seguir muitas dessas dicas você não precisa ser expert. Todo mundo começa pelo começo. Erre, acerte, aperfeiçoe. O fundamental é a vontade de fazer. E não posso deixar de falar que você não deve esquecer qual o seu objetivo. Foque nele, faça a sua renda extra, separa esse dinheiro e você vai ver que as coisas vão acontecer!

“Aquilo que você foca, expande!” autor desconhecido. Eu amo essa frase e cada dia ela faz mais sentido para mim. Espero que faça para você também!

Dúvidas?

Escreva aqui nos comentários.

Todos os comentários devem seguir estas regras. Caso contrário, o comentário poderá ser removido e você poderá ser banido da comunidade.

  1. Não divulgue produtos ou serviços sem a autorização dos administradores – você poderá ser banido da plataforma e a mensagem será excluída.
  2. Não poste mensagens com conteúdo de brincadeira, piadas, racismo, pornografia, ou ativismo político;
  3. Antes de postar, releia e analise se o conteúdo não ofende algum dos membros do grupo.
  4. Leve em conta a lei que regula os direitos autorais.

Participe da discussão

  1. Milene avatar
  2. Canadá avatar
  3. Camila avatar
  4. Marcela avatar
  5. NoemiNina avatar
  6. Babi avatar

30 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Fazer renda extra é ótimo! Começamos com o @canadatche pra aprender mais sobre Instagram e como utilizar ferramentas e tal – além de estar por dentro do conteúdo sobre o Canadá, e hoje em dia já temos alguns freelas relacionados ao Insta. O que era antes pra diversão, agora também faz parte do nosso trabalho e é uma renda extra!

  2. Uma boa opção para fazer renda extra é transporte por aplicativo. É burocrático trabalhar com isso sendo recém chegado no Canadá?

    1. Muitas pessoas optam por trabalhar com aplicativos aqui, Camila! Você precisa ter permissão para trabalhar, e se precisar de carro (há serviços de delivery que você pode fazer andando ou de bike dependendo da cidade) precisa se atentar ao seguro.

  3. No final de 2019 iniciei no artesanato, sem gostei desde criança, mas com a pandemia não consegui dar prosseguimento. Com todos em casa ficou difícil conciliar. Mas com essa mesma pandemia descobri o mundo dos pães e bolos artesanais e estou amando! Quero muito me especializar. 🥰🥰🥰

    1. Que legal, Marcela! Quando eu era mais nova, fazia muito artesanato com a minha mãe e sinto bastante falta disso, era uma ótima terapia 🥰

  4. Renda extra hoje, está valendo pra tudo! rs
    Sempre participo de pesquisas pela Shopper Experience. Conhecem? Super indico.
    Agora estou pensando em bazar e artesanato.
    Ótimas dicas!
    Thanks.

    1. Conheço, sim! Ótima dica!

      Aqui, eu tenho pensando muito em fazer uber eats de bike. Faço exercício e ganho uma renda extra rs

  5. Eu já comecei o meu bazar online. Quando estiver mais perto de concretizar o meu sonho, pretendo fazer um bazar presencial para liquidar todas as coisas que não poderei levar para o Canadá.

  6. Ah, que legal!!! Tenho certeza que meus brigadeiros gourmet farão sucesso até com os canadenses! hehehe Quem não gosta de brigadeiros? 😀

    1. eles acham doce! kkkkk O paladar brasileiro é muito doce! Mas é um negócio para outros brasileiros. Faz um plano de negócios para trabalhar com isso qui 😉

      1. Acha que teria público suficiente para se tornar um negócio rentável? rs
        Eu gosto de brigadeiro meio amargo também! Fica uma delícia!

        1. eu nunca fiz um estudo mais aprofundado sobre isso, mas, há muitas brasileiras trabalhando com isso por aqui – pode ser que seja rentável. Depende da provícia, e eu definitivamente tentaria atrair o público canadense também.

  7. Adorei o conteudo, mas fiquei com uma dúvida… Estando no Canadá é possivel vender comida nas ruas que nem aqui no Brasil? Tipo faz em casa e sai vendendo sem ter um CNPJ ou algo do tipo

    1. Você precisa de licença para vários tipos de negócio, incluindo e principalmente a área de alimentação. Não sei como os brasileiros que estão aqui fazem, mas eu não arriscaria trabalhar com isso sem todas as licenças exigidas. 😉

    1. Olá Marcela, conheço várias pessoas em Ontario, New Brunswick e Nova Scotia quet= trabalham vendendo doces e salgados para brasileiros. Mas é necessário estudar toda a regulamentação e licenças para fazer tudo legalmente 😉

    2. Eu creio que sim!!
      Já começamos até a inventar alguma coisa no Brasil com ovos de Páscoa e por que não continuar no Canadá né?
      Renda extra é sempre bem vinda!

  8. Tem uma alternativa que descobri com os vídeos do Me Poupe da Nathalia Arcuri (quem não conhece vale a pena, é a musa da desfudência financeira) que é o trabalho de Cliente Oculto… Não é muito mas qualquer coisa é válida né .. já fiz alguns inclusive pelo site Conta pra Gente (Google aí)… Espero ter ajudado 😃

    1. A Nath é sensacional!!! Não conheço o Cliente Oculto. Vou pesquisar e agradeço pela dica 🙂

      1. Oii Chris! São empresas que são contratadas para avaliar o atendimento em lojas, bancos, etc… daí eles nos pagam para ir nesses estabelecimentos e simular um atendimento e dependendo comprar algum produto e te pagam por esse serviço. Eles detalham certinho o que precisa ser feito e vc seguindo todas as exigências vc recebe uma graninha… não é muito uns R$ 30, R$60 mas já é um a mais né… Eu já fiz até um test drive em uma concessionária de carros e dei uma voltinha em um carro top e ganhei pra isso kkkkk

    2. Gostei bastante da dica! Inclusive já dei um google e achei bastante informação sobre! Obrigada Jaqueline!

    3. Esse negócio de cliente oculto, é sucesso! Já pensei muitas vezes em trabalhar com isso… Se não der certo, pelo menos provei algumas comidas saborosas! rsrs

  9. Hoje em dia existem tantos jeitos de fazer renda extra né? Quase impossível não achar uma pelo menos e pra juntar dindin pro Canadá é muito bom ter um valor extra entrando. Ótimas dicas!

    1. Sim!!! E sei que a forma que você faz renda extra é maravilhosa e super gostosa! 🥰 Vem fazer essas delícias no Canadá também – já tem uma cliente rs e espero ajudar mais ativamente nessa parte de renda extra aqui na plataforma também 🙏🇨🇦

      1. É uma delícia mesmo! kkkk Espero podermos nos encontrar pessoalmente e vai que será na época da Páscoa né? Daí vc pode experimentar!

        Opa que alegria sobre renda extra! Vamos que vamos!

Menu
Se você precisa se registrar na plataforma (gratuita), clique aqui.
Já é membro, clique aqui.

Vim Pro Canadá

FREE
VIEW