fbpx

O PLANO CANADÁ NÃO ACABA QUANDO VOCÊ CHEGA AQUI!

            Costumo dizer que o Plano Canadá é composto de temporadas, igualzinho às séries de televisão que você assiste.

            Focando especificamente em finanças pessoais, na primeira temporada você precisa conseguir juntar o dinheiro obrigatório para sua comprovação financeira em relação ao visto. Quando você consegue juntar essa fortuna, você precisa juntar o dinheiro necessário para realmente conseguir sobreviver no Canadá, pois sabemos que o valor exigido pelo governo canadense para comprovação financeira não é realista com a custo de vida de cidades caras, como Toronto e Vancouver, por exemplo.

            Quando você coloca seu pé no Canadá e entende que conseguiu chegar aqui, além do mix de sentimentos, começam a vir preocupações porque está se iniciando a segunda temporada. Agora você precisa planejar suas contas e fazer seus orçamentos dentro dessa nova condição de vida, e na maioria dos casos, esse início realmente é apertado, pois o Canadá não é um país barato para se viver, e muitas vezes precisamos gastar demais com College e não conseguimos empregos com salários muito alto. Muitas famílias conseguem fazer mágica com as finanças pessoais nesse período mas ainda bem que sabemos que tudo passa.

            Em algum momento, que vai ser 100% pessoal pra cada história de vida, chega um momento que as coisas começam a a se acalmar, e a vida vai entrando nos eixos novamente. Seja como employed ou como self-employed, as condições financeiras vão ficando cada vez mais estáveis (se você souber se planejar, é claro) e outras preocupações começam a tomar conta dos seus pensamentos. Aqui eu diria que chegamos a terceira tempora, que é quando você consegue finalmente respirar sem estar na bola de neve de viver um dia de cada vez, ao ponto de conseguir pensar no futuro. É quando você começa a se planejar para a sua aposentadoria, ou no pagamento de College pros filhos que nem nasceram (ou ainda são pequenos), comprar a casa própria ou alcançar a tão sonhada liberdade financeira (no meu caso esse é o objetivo). Se você não conseguiu por diversos motivos, pensar em investimento a longo prazo, aqui é o momento da sua vida que esse planejamento vira obrigatório, pois se você for depender da aposentadoria no Canadá (ou até mesmo a do Brasil), você passará dificuldades na sua velhice, e eu acredito que NINGUÉM passou por tanto perrengue como imigrante pra ter um fim trágico desse. Pelo amor de Deus, não vamos fazer esse seriado da nossa vida terminar de forma assombrosa na quarta temporada, hein?

            Por isso eu bato TANTO na mesma tecla em todas as minha redes sociais, (que inclusive, se você não me conhece, meu instagram é @paulafortuna.ca e Youtube é Paula Fortuna, e como já deu pra perceber eu crio conteúdo sobre vida no Canadá focando em finanças pessoais a partir da Psicologia Econômica) que se você não cuidar da sua própria vida, ninguém vai fazer isso por você, isso inclui suas finanças pessoais, portanto, investir não é uma questão de escolha, é uma obrigação para com o seu eu do futuro, que não vai ter suporte suficiente do governo para ter uma vida decente, que eu sei que você sonha em ter.

Participe da discussão

  1. Mayara avatar
  2. Milene avatar
  3. Marcela avatar

3 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Disse tudo Paula! As palavras chaves são: planejamento, estratégia e perseverança. Em tudo na vida precisamos ter todas elas bem alinhadas para que as coisas funcionem bem. Já estou seguindo seu perfil! Obrigada! 🥰🥰

Menu
Se você precisa se registrar na plataforma (gratuita), clique aqui.
Já é membro, clique aqui.

Vim Pro Canadá

FREE
VIEW