fbpx
Experiência Canadense

Você já sabe mais sobre o que é a famosa experiência canadense?

A jornada de trabalho no Canadá é diferente do que estamos acostumados no Brasil.

Normalmente, você irá trabalhar 37,5 horas semanais – são 7,5 horas trabalhadas por dia mais 30 minutos ou 1 hora de almoço. O almoço não é pago, mas muitas empresas te dão dois intervalos de 15 minutos que são pagos. Porém, há exceções – eu, por exemplo, trabalho 32,5 horas semanais e o meu trabalho é considerado full-time (integral), enquanto o trabalho do meu pai é de 44 horas semanais e também é considerado full-time.

Lembrando que, se você está vindo com visto de estudante, não necessariamente você vai conseguir um trabalho que te dê 20 horas semanais de primeira.

O que é considerado hora extra?

Horas extras significa que qualquer hora trabalhada acima das horas padrão especificadas no Código ou Regulamento, na maioria dos casos 8 em um dia ou 40 em uma semana. Se o total de horas extras diárias difere do total de horas extras semanais, o maior será utilizado no cálculo dos pagamentos de horas extras.

 

Qual é a taxa de horas extras?

Um mínimo de uma vez o salário regular.

 

Quando os funcionários têm direito a pagamento de horas extras em uma semana em que ocorre um feriado geral?

O horário padrão semanal (normalmente 40) deve ser reduzido em 8 horas para cada feriado. Portanto, em uma semana em que ocorre um feriado, as horas extras seriam aplicadas após 32 horas. Qualquer tempo trabalhado em um feriado não é contado no cálculo do direito de horas extras.

 

Qual é o número máximo de horas que os funcionários podem trabalhar em uma semana?

O tempo máximo que um funcionário pode trabalhar por semana é normalmente de 48 horas.

 

As horas máximas de trabalho podem ser excedidas?

Sim, em determinadas circunstâncias.

 

Clique aqui para ver a página do governo sobre hora extra.

Temos a ideia de que os canadenses são super gente boa (e muita gente é mesmo), mas será que é assim no mercado de trabalho também? O site Monster Canadá fez uma pesquisa indicando que 42% dos canadenses já pediram demissão do trabalho deles por causa dos chefes deles (comigo já aconteceu duas vezes).

Abaixo está uma lista de chefes que os canadenses menos gostam segundo essa pesquisa:

  • Chefe micro gerenciador, autoritário que está sempre pairando e pedindo atualizações de status – 31%
  • Chefe ineficaz e incapaz de tomar uma decisão estratégica – 27%
  • Chefe que diz uma coisa, mas que o que ele disse significa outra coisa e fica bravo quando a equipe não consegue ler mentes – 27%
  • Chefe que leva crédito por tudo e qualquer coisa – 23%
  • Chefe tirano e abusivo que está sempre gritando. Nada é bom o suficiente para esse tirano – 22%
  • Chefe que joga você ou a sua equipe na frente do ônibus ao primeiro sinal de problema e nada é culpa dele – 21%
  • Chefe que raramente responde a e-mails ou aparece no escritório – 14%
  • Chefe que espera que você esteja disponível e seja receptivo o tempo todo – mesmo em suas férias – 13%
  • Chefe que faz piada grosseira ou que até mastiga com a boca aberta – 9%
  • Chefe inadequado que não sabe seguir a regra de ‘não tocar’ – 4%

O que você pode fazer para evitar esses tipos de chefes?

  1. Leia as revisões de antigos funcionários da empresa em websites como o Glassdoor.
  2. Consulte a sua rede de contatos (network). Algum conhecido sabe algo sobre a nova empresa ou sobre o seu novo chefe? As informações que essa pessoa irá te passar são preciosas.
  3. Faça perguntas pontuais em entrevistas. A entrevista de emprego é um ótimo momento para fazer perguntas diretas. Considere perguntar sobre a taxa de rotatividade ou por quanto tempo a vaga está aberta. Cuidado com respostas evasivas, vagas ou inconsistentes.
  4. Não se acomode. Se o seu trabalho não corresponder às expectativas, lembre-se de que você não precisa permanecer lá para sempre.

Não temos carteira de trabalho por aqui, mas temos a famosa Job Offer Letter (Oferta de Emprego). A Job Offer é um documento que um empregador canadense fornece para você. Ela é menos detalhada do que um contrato, e inclui informações sobre:

  • Seu salário e deduções do seu salário;
  • Suas funções de trabalho e condições de emprego como horas de trabalho.

Quando eu recebi as minhas primeiras ofertas de emprego aqui no Canadá, eu fiquei muito feliz pois conseguir o emprego tirava um grande peso das costas, mas, conseguir a sonhada job offer não significa que esse seja o melhor emprego para você ou que você esteja recebendo um salário que vale o seu tempo e esforço.

A maioria dos candidatos, normalmente, não negocia a oferta recebida – o que pode ser um erro. Quando eu trabalhava no banco, descobrimos que a diferença de salário anual entre as pessoas do meu time era de mais de 10 mil dólares e o único motivo dessa diferença era que algumas pessoas negociaram o salário e outras, não.

Aqui estão algumas dicas:

  1. Desde que eu descobri que peguei um salário menor do que foi anunciado, eu anoto todas as vagas de trabalho que eu aplico e quanto eles estão oferencendo. Dessa forma, eu consigo negociar melhor o salário que eu quero.
  2. O processo de entrevista geralmente leva semanas para finalizar; logo, quando você recebe o telefonema para anunciar que conseguiu a vaga, geralmente, é fácil agarrar essas vaga com unhas e dentes. A maioria dos lugares oferece alguns dias ou uma semana para pensar na oferta, portanto, reserve um tempo para realmente pensar nela. Nesse momento, você pode decidir se deseja negociar a oferta e como vai fazê-la.
  3. É empolgante conseguir esse emprego dos sonhos, mas não há nada de errado em negociar o contrato. No final, tudo se resume à maneira como você aborda a situação, permaneça profissional.

Vamos entender cada um dos termos no seu paystub (Contracheque)?

Employee Balance (Saldo do empregado)

Current: Esta coluna reflete o valor desse período de pagamento.

YTD (Year-to-date): Esta coluna mostra os valores totais acumulados desde o início do ano (acumulado no ano).

Earnings (Ganhos)

Hours: refere-se às horas trabalhadas, se aplicável.

Rate: refere-se ao salário por hora ou ao valor total do salário pago.

Current: esta coluna reflete o valor bruto pago a você nesse período de pagamento.

Deductions (Deduções)

Current: esta coluna reflete os valores de cada dedução retirada de sua folha de pagamento neste período de pagamento.

YTD: Esta coluna reflete os valores de cada dedução realizada desde o início do ano.

Statutory Deductions: Um empregador tem uma obrigação legal de reter deduções legais, que são: contribuições de CPP ou QPP (somente Quebec), EI e QPIP (somente Quebec) e imposto de renda federal e provincial. Em todos os lugares, exceto em Quebec, o imposto provincial é coletado como parte da dedução do imposto de renda federal. Quebec tem deduções separadas para impostos federais e provinciais.

Other Deductions: Você também pode ter deduções legais; deduções obrigatórias da empresa (por exemplo, taxas sindicais, sua parte no plano de benefício); e deduções voluntárias (por exemplo, bônus de aposentadoria do Canadá, doações de caridade).

Earnings Summary (Resumo dos ganhos)

Gross Pay: seu valor total de ganhos antes das deduções.

Deductions: seu valor total de deduções legais e outros.

Net Pay: seu valor total de ganhos após deduções. Este é o valor que aparecerá no seu cheque de pagamento ou conta corrente.

Current: esta linha reflete os totais desse período de pagamento.

YTD: Essa linha reflete os totais do acumulado do ano (YTD).

O direito básico de férias no trabalho é de 2 semanas de férias para cada ano empregado. Após 5 anos consecutivos de trabalho com o mesmo empregador, o direito aumenta para 3 semanas de férias. Após 10 anos completos, os funcionários têm direito a 4 semanas de férias.


O pagamento das férias é calculado como uma porcentagem do salário bruto que um funcionário recebe durante o ano. Nos casos em que o direito a férias é de 2 semanas, o pagamento de férias é de 4% dos ganhos no ano em questão. Nos casos em que o direito é de três semanas, o pagamento das férias é de 6% dos ganhos. Nos casos em que o funcionário tem direito a 4 semanas, o pagamento de férias é de 8% dos ganhos.

Sim, o QI por aqui acontece muito e é por isso que sempre falamos da importância do networking.

Eu consegui o emprego na empresa que deu a Job Offer para os meus pais virem para o Canadá por meio de QI. A pessoa que me indicou era meu colega de trabalho na primeira empresa que eu trabalhei no Canadá, e ele me chamou para fazer parte de um projeto nessa outra empresa. Eu juro para vocês que eu nem fiz entrevista – no dia que eu fui conhecer o dono da empresa, ele já me apresentou tudo o que eu tinha que fazer e a data para começar.

Invistam no networking!

Dúvidas?

Escreva aqui nos comentários.

Todos os comentários devem seguir estas regras. Caso contrário, o comentário poderá ser removido e você poderá ser banido da comunidade.

  1. Não divulgue produtos ou serviços sem a autorização dos administradores – você poderá ser banido da plataforma e a mensagem será excluída.
  2. Não poste mensagens com conteúdo de brincadeira, piadas, racismo, pornografia, ou ativismo político;
  3. Antes de postar, releia e analise se o conteúdo não ofende algum dos membros do grupo.
  4. Leve em conta a lei que regula os direitos autorais.

Participe da discussão

  1. Milene avatar
  2. Camila avatar
  3. Marcela avatar
  4. Babi avatar
  5. Bruna avatar

10 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    1. Eles levam muito em conta as soft skills. Por exemplo, eu trabalhei como atendente em uma pizzaria aqui. Nesse emprego, eu poderia falar sobre a minha experiência de customer service, e o meu chefe poderia dar a referência que eu era pontual, nunca faltava, me comunicava bem e etc.

    1. Sim!!! essas referências podem dizer que você é pontual, ética, foca na experiência do cliente e coisas do tipo (soft skills). Essa experiência acrescenta como experiência canadense, sim!

    1. Na página de sites para buscar emprego aqui na plataforma, eu indico um site para buscar a reputação da empresa. Dá uma olhada nisso que é uma forma de você se previnir desse tipo de coisa. Claro, é sempre um risco, mas tentamos metigar isso nos preparando bem. 🙂

      1. Fiquei sabendo que o Glassdoor também é legal para checar esse tipo de informação e também sobre os salários!

  1. Sobre a experiência canadense, mesmo que seja em um emprego bem simples entry level job, por exemplo, vale a pena já colocar no resume para tentar outras vagas? Ou o tipo de experiência canadense vai sempre importar para o contratante (mesmo que não seja uma função para cargos altos ou muito específica)?

    1. sim, os empregadores de entry level jobs verão as suas soft skills e poderão te recomendar. Por exemplo, vão dizer que você é pontual e nunca faltou, sabe?

Menu
Se você precisa se registrar na plataforma (gratuita), clique aqui.
Já é membro, clique aqui.

Vim Pro Canadá

FREE
VIEW