fbpx

As 4 estações e a cultura canadense

Dezembro começou! A queda das temperaturas e a neve anunciam a chegada do inverno no Canadá e declaram aberta a temporada da introspecção, reflexão, autoconhecimento e restauração. Bem, pelo menos é isso que o inverno representa pra mim.

Cada estação do ano me provoca sentimentos característicos e me encanta por sua paisagem singular e exuberante. Até sinto que moro em quatro cidades ao longo do ano! Sou apaixonada pela passagem das estações! Esse ciclo me faz aproveitar muito mais cada pedacinho do ano e apreciar a vida.

Fato é que aqui se vive por estações. O calendário sazonal vale pra tudo. As diferenças nas condições de temperatura refletem no cotidiano do canadense de maneira intrínseca. Nesse post, trouxe alguns exemplos pra cada estação.

Inverno

  • Estação da neve e do gelo. Inicia com os preparativos para o Natal, “competição” de decoração e luzinhas pelas casas e comércios cidade (ajuda com dias curtíssimos e noites longas), shows de fogos, mercadinhos natalinos, entre outros eventos relacionados.

 

  • Escritórios muitas vezes pausam as atividades para as festas de fim de ano.

 

  • Pinheiros se destacam entre os troncos e galhos. A neve branquinha dá seu charme especial à paisagem. É lindo, lindo, lindo.

 

  • Bebidas que aquecem a alma: hot chocolate, cappuccino, french vanilla, coffee, mulled wine

 

  • O kick-off da loucura das compras natalinas fica por conta da Black Friday, no final de novembro, e se encerra com o Boxing Day, no dia 26/12, logo após a comilança de Natal.

 

  • Lagos e fontes urbanas são repaginados pra assumir o papel de pistas públicas de patinação no gelo. Algumas alugam patins por um valor acessível. Se preferir, compre seu próprio par (só lembre que vai ficar encostado por metade ano!). Estações de ski também têm seu público.

 

  • Aquecimento é obrigatório em todos os ambientes fechados, incluindo transporte público e carros, sendo que esses últimos têm aquecimento até no assento (maravilhoso).

 

  • Passando Natal e virada do ano, durante janeiro e fevereiro me dá vontade de ser urso pra hibernar.

 

Primavera

  • Temperaturas começam a subir: árvores aos poucos voltam a ter folhas, flores desabrocham, bichinhos exploram novamente. As cerejeiras são maravilhosas! Dias se alongam mais, e daylight saving time (horário de verão) retorna (onde é adotado, claro), no início de março.

 

  • Maio é o mês oficial da jardinagem (ao menos aqui em Toronto). Com a chegada da primavera, o canadense investe um tempo pra plantar jardins belíssimos e resgatar a grama. Tudo pra dar as boas-vindas a temperaturas positivas, dias mais longos e atividades ao ar livre.

 

  • Momento de reverter o guarda-roupa, repondo as peças mais leves, (lavando e) guardando as pesadas. Spring cleaning (a super faxina) também é típica do canadense – embora não muito eficaz, já que suas garagens normalmente são abarrotadas de tranqueiras, e o carro dorme nos driveways. Eles aproveitam pra vender as bugigangas em yard sales ou garage sales nessa época, ou doar o que conseguiram peneirar de suas bagunças.

 

  • Também é hora de trocar pneus, mobiliar a varanda e o jardim, substituir patins pelas bikes…

 

  • Lagos e fontes urbanas retomam sua função original, e apreciamos ouvir o relaxante som das águas.

 

  • O bom-humor e os sorrisos também dão as caras novamente, com a alegria e satisfação de ver tudo renascer. A estação traz a esperança e a inocência do início de um novo ciclo.

Verão

  • Traz consigo energia, vontade de celebrar, aproveitar cada segundo como se não houvesse amanhã.

 

  • Strawberry picking: a colheita de morangos abre alas para o verão, final de junho e começo de julho. E finaliza com as belas fazendas de girassóis em agosto.

 

  • Possivelmente a estação com maior oferta de eventos – certamente se contarmos somente ao ar livre. A maioria tende a ser externa, aliás. Concertos e show, feiras, festas…

 

  • It’s Patio season, baby! Restaurantes, bares e casas de eventos abrem seus pátios: varandas, jardins, rooftops e até se apropriar de pedaços da calçada estão valendo pra saborear o vento, sol e luz natural, e as temperaturas não controladas artificialmente.

 

  • É a vez de praias (mesmo as de lagos), acampamento, picnic, churrasco, luau, bicicleta, caminhada, caiaque, veleiros, entre tantos outros lazeres favoritos.

 

  • Época de FÉRIAS pra maioria dos canadenses. Mas como os dias são super longos, também se aproveita – e muito – depois do trabalho e nos fins de semana! A ordem é absorver cada raio de sol como se fizéssemos fotossíntese (e na verdade, é necessário pra vitamina D).

 

  • Universitários muitas vezes apreciam o summer break pra trabalhar full-time, ou fazer estágio em empresas que disponibilizam essa oportunidade (summer jobs).

Outono

  • Começo do ano letivo! É uma estação sóbria, mas MA-RA-VI-LHO-SA.

 

  • Sweather wheather: tempo de inverter o guarda-roupas, guardar as bikes e os móveis da varanda ou do jardim, trocar os pneus dos carros e revisão de segurança…

 

  • Vermelho, amarelo e laranja por todos os lados! O espetáculo das folhagens de outono! Mas precisa correr pra admirá-las, a transição costuma ser rápida! Se perder, só ano que vem.

 

  • As abóboras começam a dominar o mundo, junto com maçãs e canela.

 

  • Thanksgiving e Halloween têm seu reinado em outubro. E noticiam que logo, logo vêm as luzinhas de Natal.

 

  • Seasonal hiring! Muitas pessoas aproveitam o fim de ano para ganhar dinheiro extra nas lojas, que contratam para atender a demanda no fim do ano.

 

  • Dias começam a encurtar e, no início de novembro, retornamos ao standard time pra não amanhecer tão tarde. Momento de reforçar os alarmes, já que fica mais difícil de acordar.

 

  • Sentimentos: gratidão, nostalgia e aconchego combinam com a beleza desse fechamento de ciclo.

 

E terminamos no auge! Tenho uma relação muito especial com o outono, admito. Mas o que eu mais AMO é, justamente, a poética e fascinante passagem pelas quatro estações. <3

Má e Fê

@escolhacanada

A Má e o Fê são os autores do perfil @escolhacanada no Instagram. São Residentes Permanentes do Canadá e chamam Toronto de lar desde 2019. Antes disso, viveram no país como estudantes (2011/2012: Má/Toronto, 2008/2009: Fê/Vancouver). Os planos Canadá individuais se transformaram no sonho do casal de voltar. E, dessa vez, é pra ficar.

Qualquer dúvida sobre esse post, pode mandar DM ou e-mail [email protected]

Participe da discussão

  1. Má avatar
  2. Mayara avatar

2 comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu
Se você precisa se registrar na plataforma (gratuita), clique aqui.
Já é membro, clique aqui.

Vim Pro Canadá

FREE
VIEW